1ª Conferência Golfe Adaptado em Portugal – desafios e barreiras

Standard

A 16 de Março, no Auditório do Comité Olímpico de Portugal, em Lisboa, realizou-se a 1ª Conferência sobre Golfe Adaptado. Com a presença do Comité Paralímpico de Portugal, e da Associação de Profissionais de Golfe de Portugal (PGA Portugal), este encontro contou com a presença do actual campeão da Europa de Golfe adaptado, o espanhol Sebas Lorente.
Sebas Lorente é um exemplo de força e determinação que triunfou no Golfe adaptado tornando-se hoje num dos melhores profissionais da sua modalidade. Convidado de honra desta conferência, Sebas Lorente expôs os principais desafios que o golfe adaptado enfrenta, bem como a importância dos apoios institucionais e privados no desenvolvimento desta vertente da modalidade.
O evento contou ainda com os oradores Humberto Santos, Presidente do Comité Paralímpico de Portugal; Pedro Vicente, Presidente da Comissão de Golfe Adaptado da Federação Portuguesa de Golfe; e Carlos Guerreiro, Primeiro Treinador de Golde Adaptado Português (LisboaPhysio), que abordaram as diferentes metas a atingir no Golfe adaptado enquanto desporto de futuro em Portugal.
Na ocasião, e como acto simbólico, foi entregue, pelo Presidente do Comité Paralímpico, Humberto Santos, a primeira licença de praticante federado de Golfe adaptado ao desportista António Machado. Trata-se de um momento histórico na prática deste desporto em Portugal sendo que o principal objectivo não passa apenas por divulgar a importância do Golfe adaptado, como também sensibilizar para o tema que pela primeira vez foi debatido em conferência em solo nacional.
Segundo o Presidente da Comissão de Golfe Adaptado da FPG, Pedro Vicente, – “O Golfe nacional está a dar os primeiros passos no sentido de se organizar na área da deficiência em geral. As primeiras experiências bem sucedidas, no caso do Special Olympics, permitem-nos acreditar vir a alcançar um estádio de desenvolvimento que há muito desejamos. A atribuição da primeira licença de praticante de Golfe adaptado pela Federação Portuguesa de Golfe constitui para nós um marco importantíssimo.”
“Face ao empenho da Federação Portuguesa de Golfe estamos perante mais um passo a caminho da inclusão. Bem-haja a todos os que se têm empenhado na construção de um novo paradigma desportivo, com profundo fundamento humanista”, referiu o Presidente do Comité Paralímpico de Portugal, Humberto Santos.

1ª Conferência sobre Golfe Adaptado
16 de Março de 2012 – 11h00
Auditório do Comité Olímpico de Portugal – Travessa da Memória, 36 – 1300-403 Lisboa
Convidado de honra: Sebas Lorente – Campeão Internacional de Golfe Adaptado 2010
Programa:
11h – Boas-Vindas
Pedro Vicente – Presidente da Comissão de Golfe Adaptado da FPG
11h05
Mário Jorge Silva – PGA de Portugal
11h15
Carlos Guerreiro – Golfe Adaptado em Portugal
11h30
Humberto Santos – Presidente do Comité Paralímpico de Portugal
Cerimónia de entrega da primeira licença de golfe adaptado em Portugal
11h45
Sebas Lorente – Campeão Europeu de Golfe Adaptado

Anúncios

Peddy Paper Desportivo

Standard

A Associação Salvador, em parceria com a Fundação Inatel, organizou um Peddy Paper Desportivo, o qual teve lugar na tarde do dia 9 de Outubro no Parque de Jogos 1º de Maio /Inatel em Lisboa e que contou com a participação de cerca 60 pessoas com deficiência motora e seus acompanhantes. O Peddy Paper foi composto por um conjunto de etapas e provas que deram aos participantes a possibilidade de experimentar as diferentes modalidades desportivas disponíveis nesse dia no Parque de Jogos 1º de Maio.
Estiveram ainda presentes alguns desportistas de renome, tais como os pilotos Tiago Monteiro e Miguel Oliveira, os atletas olímpicos Gustavo Lima e Marco Fortes e ainda o ex- futebolista Dani, que participaram na prova deslocando-se em cadeira de rodas.
O evento terminou com um lanche patrocinado pela Go Natural.
Os participantes das equipas posicionadas nos dois primeiros lugares receberam vouchers oferta do Hotel Longevity Wellness Resort Monchique e dos hotéis Vila Galé.
Esta iniciativa contou com o apoio dos Mecenas da Associação Salvador BES, Semapa, Ren e Siemens.
Contou ainda com a colaboração de um conjunto de voluntários dos quais destacamos os monitores de algumas das modalidades como o Golfe Adaptado (a cargo do Professor Carlos Guerreiro da LisboaPhysio), o Ténis e o Boccia, assim como um grupo de voluntários da REN.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Primeiro Atleta e Primeiro Treinador

Standard

É com um orgulho enorme que damos a notícia da primeira aula de golfe para amputados em Portugal.
Depois do nosso Professor de Golfe se formar em Golfe Adaptado procurámos por atletas amputados para experimentarem a modalidade.
O primeiro atleta apareceu e tem bastante potencial para o golfe.
Aqui fica uma fotografia do primeiro treino com Rui Lourenço.

Reportagem III Encontro de Desporto Adaptado – Mundo Golfe – RTPN

Standard

No âmbito das comemorações do Dia Internacional da Pessoa Portadora de Deficiência, a Câmara Municipal de Cascais em conjunto com Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência e Santa Casa da Misericórdia de Lisboa – Centro de Medicina e Reabilitação de Alcoitão, entre outras entidades parceiras, organizou o III ENCONTRO DE DESPORTO ADAPTADO de 27 de Novembro a 5 de Dezembro.

O programa deste Encontro incluiu um Seminário sobre Desporto Adaptado que se realizou no dia 2 de Dezembro no Centro de Medicina de Reabilitação de Alcoitão e ainda um Programa Desportivo de 27 de Novembro a 5 de Dezembro em vários locais do Concelho, onde foi possível assistir e experimentar diversas modalidades associadas a esta temática.

A Lisboa Physio também esteve presente com uma apresentação sobre Golfe Adaptado da autoria do nosso Professor de Golfe / Fisioterapeuta Carlos Guerreiro.

Aulas de Golfe em Lisboa – Golfe da Belavista

Standard

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para a iniciação, aprendizagem e aperfeiçoamento do golfe, apresento-lhe várias alternativas. Nas aulas fornecemos o material. Se é principiante não se preocupe com o vestuário, basta uma roupa confortável e que permita mobilidade e uns ténis ou sapatos de vela. No entanto, e devido ao código de vestir nos campos de golfe, as calças de ganga, fatos de treino, calções curtos e t-shirts são desapropriados.

Programa de Iniciação ao Golfe (10 aulas)

Este tipo de aulas de grupo é essencialmente dirigido a pessoas que pretendem os primeiros contactos com o golfe. Tem como objectivo transmitir uma ideia básica do golfe, abrangendo as principais técnicas do “swing”, algumas regras e normas de etiqueta.

 Resumo do programa:

  • Princípios fundamentais do “swing”;
  • Pega, postura e “stance”;
  • Introdução ao jogo curto e médio;
  • Noções de regras e normas de etiqueta;

Programa de aperfeiçoamento:

Este tipo de programa é destinado para quem já tem alguma experiência de golfe e pretende aperfeiçoar a sua técnica. Tem como objectivo o aperfeiçoamento das técnicas de swing, abrangendo com mais detalhe todos os aspectos do mesmo e uma primeira experiência no campo de golfe.

 Resumo do programa:

  • Princípios fundamentais do “swing”;
  • Aperfeiçoamento do jogo curto, médio e comprido;
  • Revisão de regras e normas de etiqueta;
  • 1 aula de campo;

Curso de Certificado de Handicap

Este curso é destinado para quem conta já com alguma experiência no golfe e queira iniciar-se no jogo no campo que é obrigatório o certificado de handicap. Este curso tem como objectivo a consolidação dos conhecimentos técnicos, regras de jogo e normas de etiqueta utilizados no campo de golfe.

 Resumo do programa:

  • Aperfeiçoamento do jogo curto, médio e comprido;
  • Estratégia de jogo;
  • Revisão de regras e normas de etiqueta;

Programa Competitivo:

Este tipo de programa é destinado aos jogadores que já competem e que querem melhorar os seus resultados.

 Resumo do programa:

  • Análise e correcção do “swing”;
  • Implementação de programa de treino;
  • Estratégia de jogo;
  • Como analisar o próprio jogo através de estatística;
  • Ensino de técnicas especiais de “full-swing” (Fade, Draw, shot alto e baixo, …);
  • Ensino de técnicas especiais de bunker e de jogo curto (bola enterrada, lob shot, …);
  • Avaliação física específica para o golfe e implementação de um plano de preparação física no golfe;
  • Warm-up e Cool-down para o golfe;
  • Psicologia e estratégias de concentração para o golfe;
  • Aconselhamento sobre nutrição pré e pós competitiva;

Golfe Adaptado:

Este tipo de programa é destinado às pessoas que tem algum tipo de incapacidade física ou mental, desde pessoas que sofreram um acidente vascular cerebral, uma amputação, lesão medular, a pessoas amblíopes ou cegas, e outro tipo de incapacidade, quer seja adquirida ou inata.  

A aprendizagem começa desde o hospital, clínica ou centro de recuperação, passando pelo driving range, terminando no campo propriamente dito.

Treinador: Carlos Louro Guerreiro

Tabela de preços